Blog da JuCHICrala

Blog da JuCHICrala

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Não vou desistir!

Olá meninas...tudo bem com vocês???

Hoje estou numa felicidadeeee!!! ahahahahahahahha

Vou contar os detalhes dessa alegria toda.

Então, comentei com vocês que o João Pedro não estava mais gostando de mamadeira ne? E como ele é muito faminto, estava acordando mais a noite para mamar.

Eu consegui fazer com que ele pegasse a mamadeira, depois de mamar o peito e dormindo...quando eu conseguia ( pois ele estava ficando esperto e acordando quando eu colocava a mamadeira, pode?? rsrs), ele dormia super bem a noite, e quando não, acorda de hora em hora ou a cada 2 horas.

Ontem, decidi fazer o teste, se ele mamasse se estivesse com fome. Então amamentei as 7h e depois não dei mais o peito, e a minha funcionária ficou com ele o tempo todo, sem que ele me visse e tentou inúmeras vezes dar a mamadeira. Ele chorava muito, e ela conseguia distraí-lo, tentava de novo, novo choro....até 12h. ELE NÃO MAMOU A MAMADEIRA....até dormiu com fome, mas não mamou. Dai meio dia eu dei peito.

A tarde, fui passear de carrinho com ele, e encontrei duas mães lá passeando também. Conversa vai e vem, elas me orientaram a trocar o bico da mamadeira, pois estava dando o tamanho 2 da Avent, e era pra tentar o 1 e também o leite, que havia trocado pro Aptamil, e voltei pro Nan 1.

Subimos, e o meu marido estava aqui, eles brincaram e o João Pedro teve fome. Fiz uma mamadeira de 90ml só pra testar o bico novo e o leite e pedi pro meu marido dar, ele não quis. Peguei ele, e tentei dar e advinham..................... ele MAMOU!!! huhuhu....tudinhoooooooooo! Adorei!

Hoje dei a mamadeira cedo e ele tomou também, acho que agora vai....rs!

Muitas mães podem estar me julgando por estar gostando que meu filho pegou mamadeira, mas pra mim facilita em diversas ocasiões, e pra mim foi uma vitória.

Essas questões de como agimos com nossos filhos, seguimos de acordo com que acreditamos e adaptamos a nossa rotina e aquilo que queremos.

Uma seguidora escreveu um comentário me criticando que dei mingau de maizena pro meu filho. A questão é bem pessoal, e além disso, o que construimos como o certo é muito cultural também. Se você perguntar quanto alimentação por exemplo, para um médico na India, ou no Congo, nem precisa muito longe, crianças do interior já tem uma rotina diferenciada do que de muitas pessoas, enfim, eles darão dicas que todas as mães fazem e ficaríamos horrorizadas, por achar aquilo um absurdo, mas lá as crianças são saudáveis e vivem como as nossas aqui.
Você sabia seguidora, que na Europa e nos Estados Unidos as mães não são estimuladas a amamentarem por ter que trabalhar 6 semanas depois do parto, e que lá o índice de mortalidade infantil é bem menor do que do Brasil que tem campanhas para amamentação??? Será que os filhos dessas são menos saudáveis do que as nossas crianças? Não estou dizendo que não deva amamentar, não seria inteligente dizer isso, pois é algo natural a mãe alimentar seu filho, mas se não está dando, e temos outras alternativas, acredito que devemos utilizá-las.
Saiba que opinião eu aceito e cada um tem a sua, agora você me criticar e criticar o pediatra que cuida do meu bebê, isso é inadimissível, portanto, eu dispenso seus comentários ok!

Desculpem o desabafo meninas, mas ninguem sabe o que vivemos neh, e vem criticar de forma tão mal educada!!

Bom, agora estou procurando uma babá pra me ajudar, uma foguista para final de semana. Se alguém de Brasilia tiver alguma indicação, vou adorar viu!

Um beijo a todas...

17 comentários:

  1. Oi Jú concordo com vc, cada um sabe da sua rotina o que melhor se adapta a ela... fico feliz pela sua vitoria com a mamadeira... super beijos

    ResponderExcluir
  2. Olha eu sou da seguinte opinião cada mãe sabe o que é melhor pro seu filho.Se vc acha q a mamadeira é melhor pra rotina de vcs quem são as outras pessoas pra falar.O importante é vc e seu bebê não ligue pq sempre vai ter gente pra criticar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo com vc, cada um sabe da sua rotina e o que é melhor para a família no dia a dia. Quando eu voltei a trabalhar, meio período depois da licença, tive que iniciar com a mamadeira no período que eu não estava... minha filha aceitou peito e mamadeira, sem problemas... tudo é uma questão de bom senso, né?

    Bjs

    Sil

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju tudo bem??
    Também acho que esse fato de alimentação é muito cultural, cada um sabe de si.
    Quanto ao comentário, uma coisa é descordar,até aí tudo bem, ninguém precisa pensar e agir igua á todo mundo, outra coisa é descordar sem educação, aí sim ninguém merece né.

    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Oi Ju tudo bem?
    Sigo o seu blog desde o começo da minha gestação... Também tenho um João Pedro rs Hoje, com 1 mês e 12 dias.
    Concordo plenamente com você que temos que criar os nossos filhos de acordo com a nossa consciência.
    Amamento o meu filho e dou complemento desde que ele nasceu, pois meu leite demorou para descer e não ia deixa-lo com fome rs. Além do mais com a mamadeira ele dorme por volta das 22:00h e só acorda as 5h... uma benção.
    Adoraria trocar experiências com você por e-mail, já que não tenho blog: larinha.barcelos@yahoo.com.br
    Ah! Parabens. Seu baby é muitooo lindo.
    Beijos.
    Lara Barcelos

    ResponderExcluir
  6. Ju saudades de ti, agora que eu vi suas fotos d post antigo, que lindos vcs estão, vc é super elegante, adorei seu look.Não desiste não amiga, vc vai conseguir, eu ainda não tentei aqui, mas a Laura dorme muito cedo tipo 8:00 e acorda as duas da manhã, e pego e deixo nha cama comigo, por comodidade mesmo, mas vou ter que parar com isso já e tentar voltar pro berço, até que ela dorme bem comigo , mas acorda pra mamar umas duas a três vezes.bjs

    http://gi-meumundovcquemfaz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Jú, vc está certíssima! Minha mãe cansou de me dizer que qdo bebêzinha, ela me dava água, suco de laranja lima, com menos de 3 meses começou a me dar papinhas, e eu com 8meses já andava pois aos 4 ela me colocou no andador pois precisava trabalhar e me levar com ela. Eu tenho quase 30 anos e uma saúde perfeita! Devemos sim seguir as orientações médicas, mas cada mãe sabe como deve ser a rotina do seu nenénzinho. E quanto aos comentários Jú, é sempre assim, todos "são donos" da razão, e "sabem" o que deve ser feito ou não "pelas mães" da bloguesfera.
    Confesso que isso me dá um tanto de medo, seu filhote é lindo e super saudável. Você é uma ótima mãe, e eu como tentante adoro passar por aqui e ver suas dicas. Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. parabems vc cuida muito bem desse fofinho e como esta lindo tem olinhos verdes e lindo de mais parece bebes modelo e vc esta fazendo tudo certinho pq tem mães que nem dão alimento ao filho ...diferente de vc que só quer o melhor pra esse lindinho ai ... beijos fika com deus ....

    ResponderExcluir
  9. Ai Ju, a blogosfera anda um saco, a gente não tem mais liberdade para falar sobre o que sente vontade. Tudo é proibido, as "mães perfeitas" não cansam de contar suas proezas, cada um querendo convencer o outro do que é certo ou melhor, enfim... Ando sem paciência pra isso sabe? O que eu acho melhor aqui é poder dividir, saber do dia a dia das mães amigas e seus bebês, independente de ser igual ao que eu faço ou não.
    Parabéns pelos 3 meses do pimpolho, como o tempo passa rápido né?!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oiiee, adorei o seu blog,já estou seguindo, passa lá no meu e segue também bjos!!!
    http://vocemaisbela2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Ju, que saudade de vc!!!
    Desculpe o sumiço, eh que com a mudança de pais,muita coisa mudou na minha vida,inclusive meu tempo em frente ao pc...rs
    Nao tenho mais tempo pra nada... Mas fico feliz em saber q vc e o João Pedro estão bem. Um abraço apertado em vcs dois!!!
    Rosana Santa Ritta.

    ResponderExcluir
  12. Oi Jú, ainda não tenho filhos, mas concordo com você. O que fazemos depende muito da nossa rotina, cultura e convicção. Este mundo não existe certo ou errado, a mãe conhece seu filho e sabe como agir da melhor forma.
    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  13. Realmente vc tem razão quando diz que a maneira de cuidar do seu bebê depende de cada um. A mãe e o pediatra que acompanha é que sabem o que é melhor.
    Quando recém nascida minha mãe me deu mingau de farinha de mandioca,não mamei muito, minha mãe precisava trabalhar, e nem por isso deixei de ser uma criança saudável. Para vc ter idéia, as doenças de infância não tive nenhuma... Cada um sabe de si e temos que aprender a respeitar as decisões das pessoas, trocar informações tudo bem mas, críticas e grosseiras pior ainda. Seu blog é ótimo e é um canal para interagirmos com harmonia, as pessoas precisam entender isso. Parabéns! Sucesso! Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. OI Ju!
    q saudades de passar aki...rrsrsrs
    Ju vc tah certissima...
    minha mãe naum tinha leite...na verdade naquela epoca naum tinha o conhecimento de hoje...enfim...e ela ia fazer o q me deixar com fome pq naum era leite materno....atah....e depois de alguns meses eu ja tava tomando engrossante....e aki estou....na epoca dos meus pais tomavam mingau de farinha de mandioca e aki estamos cheio de saude....cada mãe sabe o q eh melhor pro seu filho...tbm iniciei mamadeira com Pedro com orientação da pediatra...ele continua no peito e tbm mamadeira...bjo bjo bjo no seu pekeno...
    e naum eskenta naum...rs

    ResponderExcluir
  15. cada um sabe o que fazer melhor pro seu bb. se vc fez, tá certo. nenhuma mãe faz algo para prejudicar seu bb e sim, sempre ajudá-lo.

    bjos e saudades!!

    ResponderExcluir
  16. Oi Ju, eu concordo com você, só a gente sabe o que é bom para nosso filhote e o que funciona na nossa rotina, não adianta forçar uma rotina que não faz parte da nossa vida, do nosso instinto.
    Não adianta querer ser aquela mãe modelo, se no final do dia tudo o que você quer é ir para a academia e ao voltar encontrar seu filho tomado banho e já alimentado pela babá, correto?
    Tipos de mães existem aos montes, aquelas dedicadas, aquelas nem tanto, as que se informam sobre o desenvolvimento e aplicam isso e aquelas que vão levando com o tempo...não existe cartilha para ser mãe, cada uma se adapta do melhor jeito :)
    Mas pensar na criança é sempre válido, afinal, eles são só bebês e não se alimentam sozinhos.
    Sabe Ju, eu levo a amamentação no peito muito á sério. Durante toda minha gestação (as 2) eu li tudo sobre maternidade e bebês. Claro que muita coisa funciona só na teoria, na prática é outra coisa, mas nós jamais podemos comparar o mundo de 30 anos atrás com o de agora. Não depois de tantas descobertas científicas.
    A minha mãe também me deu arroz e feijão quando eu tinha 3 meses de idade. Ela era uma pessoa simples, não tinha conhecimento e nem dinheiro para um alimentação exclusiva e hoje eu tenho saúde sim, porém, agora a gente sabe que um bebê não está preparado para receber alguns tipos de alimentos por um período e isso nos faz pensar: mesmo sabendo que talvez faça mal á ele, eu vou dar isso pra ele? É questão de consciência e respeito pelo seu filhote.
    Se no Congo ou nos Estados Unidos as mulheres fazem assim e assado, voltemos para o seu bebê, para o seu país, para o seu lar onde você pode levar em um médico de confiança, onde você sim tem acesso á informação. É diferente, não é mesmo?
    Ninguém duvida que o leite materno é a melhor opção para seu filho e abençoadas são as mães que tem isso em mente e se esforçam pelo bem estar dos seus filhos.
    Mas incluir maizena ou mucilon com certeza não vai fazer mal ao bebê, pois são produtos feitos para os pequeninos mesmo.
    O que me entristece é ver mães fazendo "experiências" com seus filhos. Me corta o coração!
    Críticas como mãe a gente sempre vai receber e no fundo nós mesmas sempre temos aquele medozinho lá no fundo, se estamos fazendo direito ou não as coisas, rsrs, é natural!
    Mas continue fazendo isso Ju, siga seu instinto e seu coração. Lembre-se que é errando que se aprende e nós não somos mulheres perfeitas. Assim como nossos filhos aprendem com a gente, a gente também aprende muito com eles :)
    Bjs e boa sorte

    ResponderExcluir
  17. oi!!! li todos seus ultimos posts agora... e engraçado que meu Samuel fez dois meses semana passada mas está extamanete com as mesmas carcterísticas que vc descreveu da crise dos 3 meses. Eu sempre pensei como você, tudo é uma questão de cultura e só a gente sabe o que eh melhor para nossos filhos e para nós. bjssssss
    ps: estou te sguindo

    ResponderExcluir